top of page
CUIDADOS INFORMADOS DE TRAUMA
IMG_5478.png

O QUE NÓS FAZEMOS

Arts Ed Newark trouxe cuidados informados sobre trauma e práticas centradas na cura para os educadores de artes e líderes comunitários da cidade desde janeiro de 2020. elementos importantes de ambientes de aprendizagem informados sobre traumas, como: criar espaços onde os alunos se sintam culturalmente, emocionalmente e fisicamente seguros; construindo confiança; dar aos alunos escolha e controle sobre a participação; criar poder e relacionamentos compartilhados por meio da colaboração; empoderar os jovens construindo seus pontos fortes; e construir humildade cultural e capacidade de resposta. Nosso desenvolvimento profissional modela treinamento de qualidade, comunidades de aprendizagem positivas e eficazes e colaboração sistêmica e organizacional para melhor atender nossos alunos e a comunidade mais ampla de Newark. 

 

Este trabalho é o culminar de mais de quatro anos de parceria, aprendizado e planejamento com o National Endowment for the Arts (NEA), NJ Office of Resilience, Greater Newark Healthcare Coalition, New Jersey Principals and Supervisors Association e Foundation for Educational Administration (NJPSA/ FEA), Save the Music Foundation e Newark Board of Education -- Este é um dos únicos modelos para este tipo de trabalho que é apoiado pelo governo federal (via NEA). 

 

Por meio de nossa série de 3 partes, os participantes obtêm informações sobre: Qual é o impacto das artes neste trabalho para vários públicos e constituintes? As experiências artísticas de alta qualidade são uma ferramenta poderosa para jovens afetados por traumas? O modelo de equipe de aprendizagem apoia o desenvolvimento de espaços artísticos informados sobre o trauma? Por meio do treinamento, os educadores/artistas docentes desenvolveram uma compreensão do que é trauma e como ele afeta um jovem? Como eles implementaram práticas informadas sobre trauma? Como eles podem construir resiliência e prevenir a retraumatização?

 

Além disso, colaboramos ainda mais para formar uma coorte de participantes que já passaram por nosso treinamento inicial para desenvolver uma Comunidade de Aprendizagem Profissional e se envolver em 5 sessões para permitir o aprofundamento de sua prática, fornecer espaço para reflexão, compreensão mais profunda e expandida do trauma, maior interação com facilitadores e seus conhecimentos e suporte de implementação guiada. Neste ano letivo, nos empenharemos em um projeto piloto baseado no local para construir um modelo de escola centrado na cura informada pelo trauma. O Arts Ed Newark apresenta uma oportunidade especial para introduzir na escola um trabalho de educação artística colaborativo, centrado na cura/informado sobre o trauma, fortalecer a programação artística e desenvolver parcerias entre alunos, professores, funcionários e a comunidade em geral.


 

POR QUE ESTE TRABALHO É IMPORTANTE

A carga do trauma na juventude de Newark é muito alta, em grande parte não abordada e traz profundas consequências. Procuramos fornecer aos adultos que trabalham em espaços liderados por jovens as ferramentas comprovadas e adaptáveis de educação artística para criar espaços mais informados sobre traumas e centrados na cura.

 

A atenção para este trabalho cresce e expandimos a rede para: distritos escolares de APLI, NJPAC, Miami Garden, Passaic e Paterson, revelando a necessidade crítica de programas como o nosso. 

 

No final do SY21, treinamos mais de 300 educadores e membros da comunidade.O feedback é forte:

 

  • “Aprendi a importância do processo de cura como comunidade. Definitivamente vou usar minhas aulas de música como um lugar onde os alunos podem iniciar o processo.” - Miyuki Takahashi-Rivera, professora de música, JFK School 

 

  • “Esse treinamento me ajudou a entender melhor como o trauma afeta a todos nós e me deu algumas ferramentas para começar a abordar o trauma em minha sala de aula de artes. Comecei a aplicar a ideia de um "plano de segurança" com meus alunos. Estamos vivendo tempos difíceis, e fazer com que eles/nós elaborem um plano de segurança tem sido muito útil para mim e meus alunos.” -  Claudia Escalante, professora de música, Ann Street School

 

  • 100% dos entrevistados sentiram que, como resultado da série de workshops, eles ganharam mais ferramentas e/ou estratégias para trabalhar com jovens afetados por traumas.

 

  • 93% dos entrevistados sentiram que têm uma melhor compreensão de como o trauma impacta: 

    • o cérebro.

    • o corpo.

    • a comunidade.

SABER MAIS

Como educadores, queremos que nossos alunos sejam felizes, saudáveis e preparados para atingir seu maior potencial. Essas aspirações são mais frequentemente possíveis quando as crianças estão em ambientes seguros (físicos, sociais e psicológicos), especialmente devido ao impacto adicional do COVID-19. Durante dois anos, a AEN desenvolveu abordagens criativas para responder às ACEs (experiências adversas da infância) dos nossos jovens e entende que a educação artística pode oferecer espaços/saídas seguros e métodos de ensino únicos.

 

O Newark Trust for Education Safe and Supporting Learning Environment Summit 2021 (SSLE) concentrou-se em práticas centradas na cura nas escolas para ajudar alunos e famílias a desenvolver resiliência. Este vídeo fez parte de uma sessão da iniciativa Arts Ed Newark Trauma Informed Care, promovendo educação artística e práticas centradas na cura e pode ser visto abaixo.

Through our 3-part series, participants gain insight into:

1

What is the impact of the arts on this work for various audiences and constituents?

4

Through training, have particpants developed an understanding of what trauma is and how it impacts a young person?

2

Are high-quality arts experiences a powerful tool for trauma-impacted youth?

5

How have they implemented trauma-informed practices?

3

Does the learning team model support the development of trauma-informed arts spaces?

6

How can they build resilience and prevent retraumatization?

Additionally, we further collaborate to build a cohort of participants who have already gone through our initial training to develop a Professional Learning Community and engage in 5 sessions to allow deepening of their practice, provide space for reflection, deeper and expanded trauma understanding, further interaction with facilitators and their expertise, and guided implementation support.

As the 2022-2023 school year began, AEN initiated efforts to explore the ways that arts-based trauma-informed/ healing-centered engagement can best be implemented as a whole-school model. Building upon the success of the training series, AEN is partnering with the Lincoln School, a PreK- 8th-grade school of approximately 400 students in Newark’s west ward. The school’s faculty has participated in monthly healing centered engagement trainings with our staff and teaching artist facilitators.

 

We are excited to finalize a school-wide healing centered action plan at the end of the school year.

Arts Ed Newark presents a special opportunity to introduce collaborative, healing-centered/trauma-informed arts education work to the school, strengthen the arts programming, and develop partnerships among students, faculty, staff, and the greater community.

ArtsEdNwk_OpenDoor_TonyT-8801.jpg

WHY THIS WORK MATTERS

 

The burden of trauma in Newark youth is very high, largely unaddressed, and bears deep consequences. We seek to provide adults working in youth-led spaces the proven and adaptable tools of arts education to create more trauma-informed and healing-centered spaces.

Attention for this work grows and we have expanded the network to: APLI, NJPAC, Miami Garden, Passaic and Paterson school districts, revealing the critical need for programs like ours.

At the end of SY21, we have trained 300+ educators and community members.

Feedback is strong:

HEALING AS A COMMUNITY

"I've learned the importance of the healing process as a community. I will definitely use my music classes as a place where students can start the process."

- Miyuki Takahashi-Rivera, Music Teacher, JFK School

ON

TOOLS AND STRATEGES

100% of survey respondents felt that as a result of the workshop series they gained more tools and/or strategies to work with trauma-impacted youth.

ON

UNDERSTANDING TRAUMA

93% of survey respondents felt that they have a better understanding of how trauma impacts the brain, the body, and the community."

ON

CREATING A SAFETY PLAN

"This training helped me have a better understanding about how trauma affects us all, and it gave me some tools to start addressing trauma in my arts classroom. I started applying the idea of a 'safety plan' with my students. We are living in difficult times, and have them/us come up with a safety plan has been very helpful to me and my students."

- Claudia Escalante, Music Teacher,
Ann Street School

ON

Enter email info here to receive immediate access to our 5 year Report on Healing Centered Learning for instant access our 5 year anniversary book!

Click here to download our 5 year anniversary book

IMG_5478 purple.png

LEARN MORE

 

As educators, we want our students to be happy, healthy, and prepared to reach their highest potential. These aspirations are most often possible when children are in save environments (physical, social, and psychological), especially given the added impact of COVID-19.

For two years, AEN has developed creative approaches to respond to our youth's ACEs (adverse childhood experiences) and understands that arts education can offer both safe spaces/outlets and unique teaching methods.

The Newark Trust for Education and Safe and Supporting Learning Environment Summit 2021 (SSLE) was focused on healing-centered practices in schools to help students and families build resilience.

This video was part of a session on the Arts Ed Newark Trauma Informed Care Initiative promoting arts education and healing-centered practices.

SABER MAIS

Como educadores, queremos que nossos alunos sejam felizes, saudáveis e preparados para atingir seu maior potencial. Essas aspirações são mais frequentemente possíveis quando as crianças estão em ambientes seguros (físicos, sociais e psicológicos), especialmente devido ao impacto adicional do COVID-19. Durante dois anos, a AEN desenvolveu abordagens criativas para responder às ACEs (experiências adversas da infância) dos nossos jovens e entende que a educação artística pode oferecer espaços/saídas seguros e métodos de ensino únicos.

 

O Newark Trust for Education Safe and Supporting Learning Environment Summit 2021 (SSLE) concentrou-se em práticas centradas na cura nas escolas para ajudar alunos e famílias a desenvolver resiliência. Este vídeo fez parte de uma sessão da iniciativa Arts Ed Newark Trauma Informed Care, promovendo educação artística e práticas centradas na cura e pode ser visto abaixo.

  • Introduce collaborative, healing-centered/ trauma-informed arts education work to your school

  • Strengthen your arts programming

  • Develop partnerships among students, faculty, staff, and the greater community

O Arts Ed Newark apresenta uma oportunidade especial para introduzir trabalho de educação artística colaborativo, centrado na cura/informado sobre o trauma em sua escola, fortalecer sua programação artística e desenvolver parcerias entre alunos, professores, funcionários e a comunidade em geral._cc781905-5cde-3194 -bb3b-136bad5cf58d_

 

Observação: as escolas beneficiárias receberão vários níveis de apoio durante um período de dois a três anos, dependendo do financiamento do subsídio. 

Siga-nos nas redes sociais e junte-se à nossa lista de e-mails para ser notificado da próxima RFP!

Eventos especiais

Engajamento Centrado na Cura (HCE)

& the Arts Evento de Lançamento

23 de março de 2023 | 16h-18h

HCE Csessões de comunidade

29, 31 de março e 4 de abril

Registrar agora!

Sarau de Primavera

25 de abril de 2023 | 16h-19h

JUNE 11 meeting.png
bottom of page